Meu primeiro emprego

Quando eu recebi a boa notícia eu logo pensei em escrever um post para o blog. Meus amigos mais próximos que pedem mais posts por aqui sabem como eu vivo reclamando que eu não tenho ideias sobre o que escrever, mas o problema que eu fiquei muito animado e queimei a pauta escrevendo no facebook. então agora não é mais novidade, a ideia do post ser novidade já se perdeu. Mas mesmo assim eu vou escrever, porque esses dias caiu a ficha que o que eu escrevo são as minhas fotografias. Explico. Já que eu não posso lembrar do passado olhando para fotos, a melhor coisa que eu posso fazer é guardar esses momentos através das palavras que eu escrevo.

Chega de enrolação, a “novidade” é que EU VOU TRABALHAR NO GOOGLE!

Como eu escrevi esses dias, me formei na faculdade, e desde então comecei a Abuscar o que eu faria da vida. Além de alguns outros projetos que iniciei, que espero contar no futuro, eu comecei a me preparar para o processo seletivo do Google.

Uma busca rápida no Google sobre o próprio Google (inception), sobre como eram as entrevistas, que tipo de perguntas eram feitas, como todo o processo funciona, eu já encontrei várias pessoas descrevendo como foram suas entrevistas e como elas falharam nelas. Os posts não serviram apenas para dar medo, na verdade eles eram bem úteis ao mencionarem o que os candidatos poderiam ter feito melhor.

Para me preparar para a entrevista, revisei muita coisa que aprendi na faculdade, principalmente na área de algoritmos e estruturas de dados, grafos, matemática discreta e alguns aspectos das linguagens c/ c++. Consultei frequentemente os livros Introduction to Algorithms para a parte de algoritmos e grafos, Cracking the coding interview para exercícios rápidos sobre assuntos variados, the Algorithm Design Manual para uma recapitulação das classes de problemas da computação e as principais maneiras de resolvê-los. Para praticar minhas coding skills fiquei um bom tempo nos sites project euler, onde resolvi alguns desafios, a maioria relacionados com a matemática, o que foi muito bom para revisar conceitos de probabilidade, combinação, teoria dos números, etc. Além deste resolvi alguns tantos outros desafios do SPOJ, site clássico com problemas para quem pratica para as maratonas de programação.

As entrevistas presenciais foram bem pesadas, como todo mundo dizia na Internet. Achei elas bem justas, foram feitas todo o tipo de perguntas, e eu tive uma boa chance de mostrar o que eu sabia bem, o que eu sabia mais ou menos e o que eu não dominava ainda. Passei por 5 entrevistas presenciais, duas na parte de manhã e 3 na parte da tarde, cada uma por volta de 50 minutos a uma hora. Foi um esforço considerável. Lembro que na última entrevista, ao escrever um código, eu demorei 10 minutos para escrever uma simples busca binária de tão cansado que eu estava.

Mas valeu a pena, 3 semanas mais tarde, eu recebi a ótima notícia: eu havia conseguido a vaga!

A única parte ruim em todo esse processo é ter que mudar de Curitiba. Eu realmente gosto da cidade, ainda porque a namorada está por aqui, a família e todos os amigos. Mas eu darei um jeito e pretendo voltar ainda uma vez por mês para visitar todo mundo.

Já vou pensando desde já nas coisas que vou precisar arranjar quando for morar sozinho. Acho que ter feito o intercâmbio ano passado me deu uma boa ideia de quais são minhas maiores dificuldades ao chegar em um lugar novo. Pretendo tentar resolver esses meus problemas maiores já nos primeiros dias, logo quando chegar em BH.

Acho que a maior dificuldade é, e sempre será, me locomover sozinho. mesmo com a ajuda do meu cão guia, o meu fiel escudeiro Timmy, ‘não é muito fácil para qualquer deficiente visual se acostumar de cara com um ambiente novo e complexo como uma cidade. Na minha cabeça as ruas de BH são confusas demais. As vezes as travessias das ruas são tortas, certos pontos da cidade 3 ruas se encontram em um mesmo cruzamento, graças a avenida do contorno, uma rua que não consegue ser reta e faz com que as outras encontrem-se com ângulos estranhos, só tornando meu mapa mental da região mais confuso. Mas isso é temporário, logo eu me acostumo com tudo isso a medida que for andando mais e mais e depois tudo passa a ser normal. Assim espero.

Estou muito animado com o início do ano que vem. Acho que vai ser uma experiência ótima. E pode deixar que a medida que eu for me ferrando, queimando as lasanhas de forno e vestindo o par de meias de cores trocadas eu posto aqui. Afinal, pra que ler esse blog se não for para ver essas desventuras?

Skip to top

Comments

5 Responses to Meu primeiro emprego

  1. Gabriel Aquino says:

    Caralho, tu vem pra BH então? Que bacana cara!
    Infelizmente não sou o melhor pra te ensinar a andar pela cidade, mas sou bom na indicação de bares hehehe.
    Depois diga em que região da cidade você ficará e podemos trocar mais ideias.
    A cidade está muito longe de ser uma Curitiba, mas é bastante agradável. Tomara que goste.

    Trabalho na Puc minas, onde também estou vivenciando essa experiência de primeiro emprego. Espero que se adapte bem!
    No mais, meus parabéns e sucesso!

    • Lucas Radaelli says:

      fala cara,

      Que bacana que você mora por aí. Pode deixar que quando eu chegar entro em contato e a gente troca umas figurinhas =)

      abs

  2. Lucas, Parabéns!

    Depois de ter te conhecido pessoalmente em Floripa, naquele evento em que inclusive estivemos, não só na mesma mesa de debates como também em várias mesas de bares, (rs), tive mais certeza ainda de que você merece.

    Olha. Não tenho muita noção de BH, mas de sair da cidade natal para morar sozinho, modéstia a parte, isso eu tenho.

    O que precisar de ajuda, sejam dicas ou seja lá o que for, pode contar comigo.

    Abraço!

  3. Rafael Faria says:

    Que bem loco Lucas! Fico feliz por você. Faz tempo que não o visito, mas chegar novamente ao blog e ler uma boa notícia como esta é mega motivador. É triste mesmo deixar ou se afastar um pouco das pessoas que gostamos, mas sei que você vai tirar de letra e dará tudo certo. Parabéns meu caro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>