Destruiram minha infância

Às vezes recebemos notícias que são para mudar a vida inteira. Dessa vez, a notícia foi para destruir a minha infância.

Por volta de dois anos atrás, meu amigo Kenny me revelou, não lembro em que circunstância, que os personagens do Chaves eram adultos imitando crianças. Isso me perturbou de uma certa forma, porque, no meu entendimento, eles eram realmente crianças atuando. Foi tipo destruir toda uma magia. Valeu aí, Kenny.

Para assistir TV, eu sento lá e apenas escuto os diferentes sons do programa, como não poderia deixar de ser. Tento extrair pelas conversas, som ambiente tudo o que se passa. Se alguém está junto comigo e não entendi uma cena, pergunto o que aconteceu, mas é só.

Por conta disso, às vezes eu acabo imaginando coisas erradas, muito erradas. E mal sabia o Kenny dois anos atrás, quando recebeu o troféu de destruidor de infâncias, que um dia seria superado sem piedade. Que seria jogado para o escanteio com uma plaquinha dizendo “Nunca chegará nem perto de receber esse troféu novamente, você é moleque!”. Porque dessa vez, amigos, o abalo foi maior, a minha suposição passou longe, e a minha infância foi destruída em pedaços.

Eu caminhava tranquilamente no shopping com o meu amigo Lost quando ele me diz que avistou uma garota parecida com a do Scooby-doo. Depois de dar alguns nós no cérebro chutamos um nome: Velma. Por um tempo achamos que seria essa, mas ele disse que não, disse que era a outra, cujo nome não lembramos na hora.

O assunto sobre o desenho animado continuou, e abordamos os cachorros. Não lembro muito bem como esse papo continuou, porque se eu pudesse eu apagaria tudo isso da minha mente, me arrependo de um dia ter iniciado essa conversa… Mas o momento fatídico, começa aqui:
- Lembra? Quando o Scooby-doo ficava com medo, ele ia pro colo do Salsicha. Explicou o meu amigo Lost, iniciando toda uma catástrofe.
- Como assim ia pro colo do Salsicha? Respondi eu, inocentemente.
- Ué – ele ficava com medo, e pulava no colo do Salsicha.
- Mas como ele vai no colo do Salsicha cara?
- Pulando no colo dele, simples.

Não amigos, não era simples. Era o complicado início de uma devastação. E agora, a revelação:
- Mas o Salsicha não é um cachorro? – Como o Scooby-doo vai pular no colo dele?
- O quê? – O Salsicha um cachorro? – Não, você deve estar me zoando.

E era nisso que meu amigo acreditava, que eu estava o apenas sacaneando. O nosso papo continuou, até eu convencer ele que eu não sabia…..

QUE O SALSICHA ERA HUMANO!!!! PORRA!!!

Como é que vocês me fazem uma dessa? Ele tinha aquela voz escrota, se arrastava por aí com o Scooby, como é que ele é um humano? Por toda a minha vida eu imaginei que ele fosse um cachorro, e com 19 anos de idade, eu tenho essa decepção.

Eu ainda não acredito nisso.

Skip to top

Comments

23 Responses to Destruiram minha infância

  1. Marco Gomes says:

    Ahahahaha muito bom! Haahah fico imaginando quantas outras coisas vc nao “viu” do seu proprio jeito :)

    Vc sabia que o freakazoid na verdade nao voa?(só faz barulho com a boca)

    Vou repassar pros amigos :)

  2. decomush says:

    Vc é um completo retardado

    • lucasradaelli says:

      decomush , se não ficou óbvio, eu sou cego, por isso não sabia da real aparência do personagem. Hahahahah, acho que vou por uma notinha no topo dessa merda de blog avisando esses caras que não entendem de primeira :P

      • por essas e outras que eu botei logo o caso no cabeçalho do meu. retardado é ele, porque, pelo post, fica óbvio que vc é cego, afinal, quem vai precisar perguntar alguma coisa pra quem ta perto, se puder ver? então, simples: vc é um retardado e ele é um analfabeto funcional! pior pra ele!

    • decomush, se você não entendeu, você é que é um completo retardado.

    • Carine says:

      Hahahahaha retardado é vc que não sabe ler.

  3. Tchelo says:

    de chorar de rir. Sorry… sorry o cacete… muito bom…

  4. Camila says:

    Nada como essas revelações bombásticas que acabam com a doce magia da nossa infância. Péssimo, péssimo. Devo dizer que morri de dó por essa grande revelação, que é infinitamente pior da que eu fiz para uma amiga dizendo que avestruzes não colocam a cabeça debaixo da terra quando têm medo e que ratos não gostam nem um pouco de queijo, como nos desenhos. Ah, a vida real… =P

  5. tchaki says:

    Caralho velho… Rolei d rir aki… mto foda isso…

  6. Eu ri muito. E vou pro inferno por isso. Mas eu ri. xD

  7. Carine says:

    Hahahahahahahahahhahahahaha

    Meu… Muito bom, Lucas. Hahahahaha

    Muito bom mesmo!

  8. Derinthuck says:

    Oi , é a tia Derin! ahuahuhau, eu ri horrores =D Mas depois de adulta eu também me decepciono revendo os desenhos e vendo coisas que não via!

    ótimo blog, adorei descobrir isso aqui! Por alias meu nome é Dáfnie, igual ao da garoto que esqueceram =D

  9. Jonathan Anderson says:

    Lucas, Muito bom o post! Eu sou leitor do nerdcast e foi por eles que cheguei ao seu blog! Foi muito engraçado seu comentários sobre chaves e scooby. Lembrei de um vizinho meu que assistia cavaleiro do zodíaco na casa dele quando éramos criança. E teve um dia ele veio assistir na minha casa o desenho e ficou impressionado pelo personagem Hyoga de Cisne, pelo fato de ele ser loiro! Mas, só entendi a dúvida dele depois de saber que na casa dele a TV era em preto e branco. Foi muito massa!

  10. Guilherme says:

    Cara, isso é muito engraçado. Se eu fosse você, depois dessa do Chaves e do Salsicha eu ia ficar paranóico pensando em tudo mais que eu poderia estar imaginando errado durante anos e anos sem saber.

  11. Vitor Diniz says:

    Tensoooo…
    Ontem mesmo isso aconteceu comigo.
    Fiquei sabendo que o Roberto Carlos (Cantor) não tem a perna direita.
    Fiquei desepcionado…
    E o pior, todo mundo sabia e ninguem me contaaaa!!!!! Malditos!!!

  12. Caraca, Lucas. Eu ainda não tinha imaginado (embora fosse meio óbvio) que esse tipo de coisa pudesse acontecer. É difícil entrar na zona de limitação alheia e compreender o mundo todo da pessoa dentro disso.

    E como disseram, realmente, é de ficar meio paranóico e se ficar imaginando o que mais você não imaginou errado.

    É um tanto tragi-cômico.

    Mas você sabia que a armadura do Shun era rosa, né? (he)

    Já que você falou do Chaves, trouxe isso aqui, que traduzi no dia que o Bolaños, ator do mesmo, deu uma entrevista ao público pela Twitcam. É única, não saiu em nenhum outro lugar do Brasil, então aproveite. ;)
    http://reds4us.com/pop/2011/07/30/isso-isso-isso-entrevista-com-roberto-bolanos-o-chaves/

    (perezdi, do Twitter)

  13. Alex_fsi says:

    Engraçado era que o salsicha comia os biscoitos do scooby, se não me falta a memória! :P

  14. nerdscult says:

    Seria uma surpresa se você soubesse que era um humano, afinal com aquela voz poderia ser até o e.t. bilú.
    Primeira vez aqui e já virei fã

  15. Muito bom o relato.

    Ah, e a vovó Mafalda era homem visse? hahaha

  16. Hélio says:

    tem coisas que via na infância que achava o máximo, mas com o youtube também me decepcionei com coisas tão toscas que eles faziam na época… por isso já me decidi: nunca mais vou ver coisas que da minha infância, melhor deixar na memória que é bem melhor

  17. Alexandre says:

    você me fez lembrar um episodio de minha vida: eu trabalhava em uma livraria e durante grande parte de minha vida o filme “coração valente” me inspirou a ser uma pessoa que não desiste dos objetivos, que não se ajoelharia diante da derrota… isso me inspirava pois sabia que tinha sido uma historia real. Ai um dia um cliente meu revelou que havia conseguido o livro mas que no final da historia, ao contrario do que eu pensava, ele grita por clemencia e não por liberdade como aparece no filme, senti um frio na espinha e fiquei desejando que fosse uma brincadeira ou algo do estilo. pode parecer ridículo pra muita gente mas é como se algo fosse tirado de mim, não sei explicar mas não é uma sensação agradável…..

  18. arthur says:

    cara eu passei pelo mesmo que voce quando contei pra minha irm que nao sabia sobre o chaves eu fui no google vim cair aqui nao se preocupe um cara que nao era cego pensou o mesmo que voce ate descobrir que os personagens de chaves eram adultos!

  19. Katya says:

    Olá Lucas,
    Estudo design de interiores e hoje vou apresentar meu Tcc.
    Quero te contar que vou abrir a minha apresentação com esse seu relato.
    Muito obrigada por compartilhar suas histórias e seus pensamentos.
    É somente conhecendo uns aos outros que temos a chance de melhorar alguma coisa nesse mundão.
    Um grande abraço!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>